Didática do Português Língua de Herança

Didática do Português Língua de Herança

  • Conteúdos:

I - Objetivos
II - Público-alvo
III - Duração
IV - Organização de conteúdos
V - Número de formandos por turma
VI - Avaliação final
VII - Preço do curso
VIII - Processo de candidatura

IX - Coordenação
 

• Formulário de candidatura

  • Outros cursos
  • Regulamento de funcionamento da formação a distância

214_15 Didática do Português Língua de Herança

I - Objetivos

Esta ação visa contribuir para o desenvolvimento de competências pedagógico-didáticas e investigativas que permitam ao professor:

1.compreender o conceito de Língua de Herança (LH), na sua diferenciação e articulação com outros conceitos, como Língua Materna, Língua Estrangeira e Língua Segunda;
 
2.compreender as implicações psicolinguísticas e didáticas que advêm do reconhecimento da especificidade do aluno e falante de Herança;
 
3.adquirir conhecimentos acerca da origem, circulação, papel e impacto das imagens no processo de ensino-aprendizagem do Português Língua de Herança; 
 
4.intervir adequadamente no seu contexto educativo, com base no desenvolvimento de um projeto de Investigação-Ação (I&A) que, partindo do questionamento das práticas e de valores localmente identificados, conduzam à ação e à mudança.


II - Público-alvo

O curso de formação destina-se a Professores de Línguas e de Língua materna (Português), pertencentes aos grupos 200 (Português e Estudos Sociais), 210 (Português e Francês), 220 (Português e Inglês), 300 (Português), 320 (Francês), 330 (Inglês), 340 (Alemão), 350 (Espanhol).

 

III - Duração

Este curso de formação terá a duração de 50 horas (25 horas de trabalho presencial conjunto e 25 horas de trabalho autónomo), distribuídas por 15 semanas.

 

IV - Organização de conteúdos

A ação pretende articular formação em autonomia e colaborativa, de acordo com a seguinte distribuição:

•trabalho de formação teórica individualizada e em autonomia (realização das leituras aconselhadas);
•trabalho de formação teórica colaborativa: discussão mediatizada por computador (síncrona e assíncrona) acerca das leituras efetuadas;
•realização de um projeto de Investigação‐Ação (desde a fase de conceção até à fase de análise dos dados recolhidos em sala de aula.

Os conteúdos da ação são os seguintes:
 
1.Conceito de Competência Plurilingue e Intercultural;
2.Conceito de Língua de Herança, Língua Estrangeira, Língua Materna e Língua Segunda;
3.Interações e sinergias interlinguísticas no desenvolvimento da Competência Plurilingue e Intercultural;
4.Pressupostos de base psicossocial, linguística e didática da aula de Português LH;
5.Conceito de imagem, representação social, estereótipo e outros termos relacionados (crença, opinião, …);
6.Produtividade dos conceitos anteriormente elencados na investigação em Educação em Línguas, em geral, e no ensino do Português LH, em particular;
7.Discurso como veículo de imagens e representações de LH e culturas: foco nos discursos de ensino e de aprendizagem e nos discursos reguladores;
8.A sala de aula como espaço heterogéneo de rentabilização e transformação de imagens e representações, de conhecimentos linguístico-comunicativos e culturais prévios, de percursos pessoais de aprendizagem e de discursos políticos.
 
Calendarização das sessões presenciais
•Arranque: 2h
•Reflexão teórica: 10h
•Como se faz um projeto de I&A: 2h
•Implementação do projeto de I&A: 9h

•Avaliação e balanço: 2h
 

V - Número de formandos por turma

O número máximo de formandos será de 25 (vinte e cinco).

 

VI - Avaliação

A avaliação será contínua e os termos de avaliação serão os seguintes:

•10% - Assiduidade;
•90% - Produção de trabalhos ou materiais/participação qualitativa nas sessões síncronas e assíncronas de discussão, de acordo com a seguinte distribuição: 
•30%: portfólio, com diferentes entradas (fichas de trabalho, pesquisa, compilação de trabalhos relevantes, autoavaliação); 
•20%: participação nas discussões on line.
•40%: trabalho final (relatório com entrega atempada, correção formal, conteúdo, descrição e análise crítica do projeto de I&A implementado).
 
Os formandos serão classificados de 1 a 10, com a menção qualitativa de:
 
•1 a 4,9 valores – Insuficiente;
•5 a 6,4 valores – Regular;
•6,5 a 7,9 valores – Bom;
•8 a 8,9 valores – Muito Bom;
•9 a 10 valores – Excelente. 
 

VII - Preço do curso

A frequência do curso implica o pagamento de 120 EUR (cento e vinte euros). No caso dos docentes da rede de Ensino do Português no Estrangeiro e agentes de Cooperação do Camões, I.P., este custo é suportado na totalidade por esta instituição, pelo que os referidos docentes não terão de efetuar qualquer pagamento. 

O pagamento será feito através de transferência bancária. O número da conta para depósito será enviado aos candidatos que forem selecionados. Uma vez efetuado o pagamento, não há lugar a reembolso.
De acordo com o regulamento da formação a distância, o Camões, I.P. reserva-se o direito de cancelar os cursos que, à data de início, não tenham o número mínimo de inscrições necessárias à sua realização, o qual corresponde às vagas definidas na publicitação do curso. O Camões, I.P. procederá à devolução do pagamento já efetuado por formandos de cursos nessa situação.
 

VIII - Processo de candidatura

Os candidatos à frequência do curso Didática do Português Língua de Herança deverão preencher o formulário que está disponível na página do Centro Virtual Camões, até ao final do dia 8 de outubro de 2015, impreterivelmente.


IX - Coordenação
 

Sílvia Melo-Pfeifer é licenciada em Ensino de Português e de Francês e Doutorada em Didática de Línguas, pela Universidade de Aveiro. Coordenou o Ensino Português na Alemanha entre 2010 e 2013, junto da Embaixada de Portugal em Berlim. É atualmente Professora de Didática de Línguas Românicas, na Universidade de Hamburgo (Alemanha).