* As candidaturas encerram a 8 de outubro de 2015 *

203_15 Laboratório de Escrita Criativa - Nível Introdutório
Coordenação: Luís Carmelo


Este curso decorrerá inteiramente a distância, através da plataforma de aprendizagem do Camões, I.P., na modalidade de Oficina de Formação , com a duração de 25 horas, e é creditado com 2 créditos, relevando para a progressão em carreira de Professores do Grupo 300.


I - Objetivos

São objetivos deste Laboratório:

- Aprofundar de modo muito pragmático as potencialidades oferecidas pela língua portuguesa, complementando assim o trabalho dos leitores que estão no terreno (e que serão os mediadores por excelência deste projeto).

- Otimizar a expressão individual dos formandos, através da indagação experimental e da exploração dos materiais linguísticos, para melhorar as suas competências comunicacionais na língua portuguesa.

- Proporcionar instrumentos teóricos e sobretudo práticos nas áreas da descrição, da narração e da poética.

- Estimular os formandos no campo peculiar da expressão estética, aliando dados técnicos, empíricos e de natureza especificamente literária.).

 

II - Público-alvo

O Laboratório de Escrita Criativa (nível introdutório) destina-se a professores e a outros agentes envolvidos no processo de ensino/aprendizagem de Português como Língua Segunda (PL2*).
 

Podem também ser admitidos à frequência do curso licenciandos e licenciados, portugueses ou estrangeiros, com curriculum considerado adequado para a frequência do curso, não sendo, nesse caso, atribuída a creditação para efeitos de formação contínua de professores.

A seleção dos formandos é da responsabilidade do Camões, I.P. não sendo suscetível de reapreciação.

 

III - Duração

O Laboratório de Escrita Criativa (nível introdutório) terá a duração de 10 semanas, a começar no dia 21 de outubro de 2015 , prevendo-se um total de 25 horas de trabalho direto e 25 horas de trabalho autónomo por parte dos formandos. No entanto, a carga horária individual dependerá, em grande medida, da prática prévia de construção de materiais pedagógicos e de utilização das ferramentas eletrónicas mais generalizadas (de produção de documentos, e-mail, navegação na Internet, etc.), para além da facilidade de aquisição de novas competências tecnológicas.


 

IV - Organização de conteúdos

O Laboratório de Escrita Criativa (nível introdutório) baseia-se em módulos semanais (um Bloco por semana) que contêm uma introdução teórica mínima, um conjunto de exemplos e ainda um leque de exercícios, de que será realizado um por semana.

Os Módulos que enquadrarão o Laboratório de Escrita Criativa são os seguintes:

Módulo 1
Espaço, descrição e quadro. Quadro, inventário e seleção. Exercícios.

Módulo 2
Ponto de vista afetivo. Exercícios.

Módulo 3
Descrição de personagens. Espaços íntimos e espaços de escala. Exercícios.

Módulo 4
Descrição de paisagens e de ambientes. Exercícios.

Módulo 5
Tempo, narração, mito e práticas discursivas. Instâncias narrativas, perspetiva, real e ficção. Técnicas de narração: apresentação, complicação e clímax. O plot.

Módulo 6
Desenlaces: possibilidades e problemas. Exercícios.

Módulo 7
O facto: quem, onde e quando, o quê e como. Exercícios.

Módulo 8
Enredo, tema e drama. Exercícios.

Módulo 9
O caso da metáfora e as práticas da autorreferencialidade. Exercícios.

Módulo 10
Práticas poéticas ligadas à imagem e ao ritmo. Exercícios.

 

V - Número de formandos por turma

O número máximo de formandos será de 25 (vinte e cinco).
 

VI - Avaliação

A avaliação baseia-se na articulação entre a avaliação sumativa (balanço de capacidades através de prova) e a avaliação contínua (interiorização das competências suscitadas pelos conteúdos).

A realização de um exercício particular – que terá lugar após o derradeiro Bloco do curso – servirá para aferir o modo como as capacidades de aplicação de ferramentas ligadas à descrição, narração e poética se manifestam em cada formando. Este exercício contribui para definir, numa margem de 40%, a classificação final. A aferição contínua dos desempenhos baseia-se nas competências com que os formandos se confrontam ao longo do curso, contribuindo em 60% para a classificação final.

 

VII - Preço do curso

A frequência do curso implica o pagamento de 200 EUR (duzentos euros). No caso dos docentes da rede de Ensino do Português no Estrangeiro e agentes de Cooperação do Camões, I.P., este custo é suportado em 50% por esta instituição, pelo que os docentes/agentes terão de pagar apenas metade do valor indicado. O pagamento será feito através de transferência bancária. O número da conta para depósito será enviado aos candidatos que forem selecionados. Uma vez efetuado o pagamento, não há lugar a reembolso.

De acordo com o regulamento da formação a distância, o Camões, I.P. reserva-se o direito de cancelar os cursos que, à data de início, não tenham o número mínimo de inscrições necessárias à sua realização, o qual corresponde às vagas definidas na publicitação do curso. O Camões, I.P. procederá à devolução do pagamento já efetuado por formandos de cursos nessa situação.


VIII - Processo de candidatura

Os candidatos à frequência do Laboratório de Escrita Criativa (nível introdutório) deverão preencher o formulário que está disponível na página do Centro Virtual Camões, até ao dia 8 de outubro de 2015, impreterivelmente.


IX - Coordenação
 

Prof. Doutor Luís Carmelo, doutorado pela Universidade de Utreque e professor de Seminários de Escrita Criativa em Mestrados e Licenciaturas na Escola Superior de Design (IADE) e na Universidade Autónoma de Lisboa.


 

* PL2 - Neste contexto, entende-se por PL2 qualquer caso em que o aluno não tem o Português como língua materna, bem como o caso em que, sendo esta a língua dos pais, o aluno não tem proficiência correspondente à de falantes nativos com a mesma idade.

 

Conteúdos:

I - Objetivos
II - Público-alvo
III - Duração
IV - Organização de conteúdos
V - Número de formandos por turma
VI - Avaliação final
VII - Preço do curso
VIII - Processo de candidatura
IX - Coordenação

 
 
 

 

Formulário de candidatura